Atividade física de baixa intensidade pode prolongar vida dos idosos, diz estudo

20 de fevereiro de 20180Notícias

noticias-prolongar-1200x800.jpg

Atividade física de baixa intensidade pode prolongar vida dos idosos, diz estudo

20 de fevereiro de 2018 0

Pesquisa britânica começou em 1978 e foi feito com cerca de 8 mil homens de entre 40 e 59 anos.

Algumas horas por semana de atividade física, mesmo de baixa intensidade, como passear ou se dedicar à jardinagem, poderiam diminuir o risco de morte nos homens idosos, sugere um estudo publicado nesta terça-feira (20).

O volume total de atividade física está associado a um menor risco de morte por qualquer causa, asseguram os autores do estudo publicado na revista médica “British Journal of Sports Medicine”.

A pesquisa mostra que cada meia hora adicional de atividade de baixa intensidade por dia (colocar plantas em vasos, passear com o cachorro, etc.) está associado a uma redução de 17% do risco de falecimento.

Meia hora adicional de atividade moderada ou intensa reduz ainda mais o risco, em até 33%.

Fonte, Leia mais em G1 (clique aqui)


Fundado em 2009, com o objetivo de oferecer atendimento integral e humanizado aos idosos a partir dos 60 anos de idade, o Instituto de Geriatria e Gerontologia de Pernambuco (IGGPE) atua em prol do envelhecimento saudável da população, com qualidade de vida e autonomia, com abordagem multidisciplinar e foco na prevenção.

Facebook

IGGPE

IGGPE 2019